terça-feira, 29 de maio de 2012

O segredo da celebridade do Neymar - Heliar

Cria fama e deita na cama, era uma sabedoria condensada da turma que opinava sobre os outros antes de nossos tempos interativos.

O interessante neste mergulho no passado das celebridades é que quem tinha fama. deitava apenas na fama da sua atividade básica. A fama não abrangia outras áreas.


Uma foto do Einstein com a língua de fora foi usada em milhares de anúncios d marcas desejosas de demonstrar o seu desrespeito às convenções.

Ele não foi convidado para pousar para a foto para favorecer à marca A ou B.

A fama mais instantanea de hoje tanto pode levar alguma pessoa a um "altar" de adoração, pelo papel destacado numa novela - o que é rápído e efêmero como são as novelas, quanto por atitudes diárias e metafóricas no exercício de suas profissões. Cujo prazo de validade é infinitamente maior.

O Neymar nesta casmpanha da bateria Heliar é a melhor representação desta fama que não "deita na cama".

Olhe uma foto jornalística de qualquer multidão no Brasil e tente contar quantos garotos usam o cabelo a Neymar?

O garoto

não saiu atrás da fama. Ele cria a sua fama a cada jogo sendo ele mesmo contra tudo e contra todos os adversários.

A cada partida ele está cheio de energia nova.

Tornar esta virtude pessoal num aval para a bateria Heliar é uma ideia tão boa quanto as jogadas do Neymar em campo.

Há anos não sei a marca das baterias dos carros qwue tive. As baterias, inclusive, não ficam mais diante de nossos olhos.

Nem é preciso checar o nível do líquido tirando aquelas tampinhas do tempo que se dizia cria fama e deita na cama.

Somente o Neymar na sua metáfora ambulante de superar todos os obstáculos t o d o s o s d i a s me levou a pensar novamente em baterias.

A mim e a todos quew têm carros e quie tal como eu devim ter esquecido a marca das batrerias de seus carros.

O Neymar transformou a Heliar em alguma coisa que rima com o maior fenômeno do futebol brasileiro.

Com a minha certeza de que tão cedo ele ele não vai perder a carga...



Nenhum comentário: